Sunday, February 28, 2010

Família reunida

Daqui alguns dias o apartamento ficará menor, mas mais acolhedor: meu pai e minha irmã terão que morar comigo até o começo da outra semana. A venda da casa deles - também a casa em que eu morava - já foi concluída, o dinheiro já caiu e o prazo de trinta dias já foi esgotado. Como a casa que receberá a minha família ainda não foi liberada, vou hospeda-los até que a outra família se mude.

Minha primeira reação foi de receio: meu "apertamento" de um dormitório não é o melhor lugar para manter três pessoas, mesmo eu até já tendo lugar para todo mundo dormir. No entanto, depois de um sábado de marasmo e com a impaciência causada por alguns dias eternos sem trabalho, será uma boa tê-los por perto.

O único problema que pode surgir é que um pedreiro foi conferir a infiltração do apartamento de cima e ele vai precisar refazer o forro do meu banheiro - apesar da mancha ser um quadrado de uns 20 cm x 20 cm, o reparo terá que ser feito a partir do meu banheiro. Não sei quanto uma obra dessas deve durar (uns dois dias?), mas imagino que dê para fazer tudo sem transformar meu barraco em uma pocilga.

Enfim, será legal reviver alguns dias com a minha família e economizarei uma grana, já que eu vivia falando as bobagens habituais com minha irmã via SMS. Segue aí uma foto da minha família tirada na formatura da minha irmã (começo de 2008), quando eu ainda pesava 100 quilos e quando minha mãe ainda estava aqui.

Ouvindo: Red Hot Chilli Peppers - Californication

Saturday, February 20, 2010

O nome do blog

Estava conversando agora com uma amiga carioca (abraço, Camila!) e ela comentou do título do blog, que ela gostou por parecer franco. Acho que cabe aqui um parágrafo ou dois para explicar porque o futuro está sempre quase definido.

Há alguns anos namorei uma menina que me indagava qual era o rumo que daria à minha carreira, já que eu estudava Jornalismo (que tem um mercado de trabalho restritíssimo) e trabalhava com monitoração de mainframes (hein??). Depois de muitas discussões, muitas idas e vindas e seguindo os passos de meu pai, botei na cabeça que tentaria a carreira de delegado.

Pois bem, matrícula feita, expectativa para começar o curso de Direito e às vésperas do começo das aulas, o namoro termina. Como diz a letra daquela música mais famosa da banda Gram: "você me mudou e depois mudou de mim". Comecei o curso, fiz alguns amigos, tirei algumas boas notas, mas em maio eu já me pegava divagando durante as aulas e pensando "PQP, o quê que eu to fazendo aqui dentro?".

Terminei o semestre aprovado em todas as matérias - mesmo empurrando a faculdade com a barriga - e viajei pelo Sul, uma semana em Curitiba e outra em Porto Alegre. Nesse tour encontrei alguns amigos (bem menos do que eu deveria!) da comunidade orkutiana Futebol Arte é Coisa de Viado e percebi o que deveria ter sido óbvio desde o começo: que eu não escolheria uma carreira após uma epifania e um emprego não precisa ser um papel idealizado. Basta ser um meio para viver com um mínimo de conforto e pagar alguns luxos de vez em quando (uma viagem, algum brinquedinho tecnológico, um restaurante mais caro).

Por isso que o blog tem esse nome, acho que é mais até uma tentativa de autoafirmação do que uma resposta à minha ex. Um pouco se deve também à minha personalidade inconstante, mas esse fator é bem menor.

Thursday, February 18, 2010

Voltando a navegar

Graças à minha irmã e a algum vizinho, estou com acesso à internerd novamente: ela fez o favor de emprestar o seu netbook e agora estou conseguindo navegar usando a conexão WiFi de... alguém que nem imagino quem seja.

Como a máquina tem as suas limitações, não dá para fazer tanta coisa aqui, mas dá para dar uma olhada no Orkut, nos emails, postar no blog e ler umas notícias, principalmente porque eu já estava começando a virar um náufrago no meio da cidade - só ouvia falar da prisão do Arruda, dos resultados da rodada, da morte dum assaltante no Centro de Campinas hoje de manhã.

Aliás, falando em postar no blog, semana passada tentei mexer no HTML do blog e fracassei retumbantemente. Assim que eu der um jeito de acertar as coisas, postarei falando de cada mudança.

Wednesday, February 17, 2010

Cães, vizinhos, cães vizinhos

Até um mês atrás, era morador do Jd. Paraíso em Campinas, bairro próximo ao estádio Brinco de Ouro da Princesa e como a vizinhança era extremamente reclusa, era difícil até fazer uma análise da minha vizinhança como um grupo - conheci poucos vizinho nesses doze anos em que habitei o bairro. No entanto, o agitado pedaço que moro (divisa entre Centro e Cambuí, que é o bairro dos bares e do comércio de grifes da cidade) permitiu ter bem mais contato com quem vive ao meu redor - em menos de um mês, já sei o nome de mais vizinhos do prédio do que sabia do bairro antigo.

Uma peculiaridade que ficou nítida na primeira mateada na pracinha perto do apê foi que ter cachorrinho (chihuahua, pinscher, yorkshire, shih tzu e mais alguns que não achei no Google) é praticamente um acessório obrigatório para as peruas do bairro. Toda manhã elas ficam circulando pela praça, aguardando pacientemente o funcionamento do intestino de seus pequenos amigos, de sacolinha na mão para limpar qualquer sinal de sujeira. Isso sempre me lembra um stand up de Jerry Seinfeld, em que ele diz que um alien que pousasse na Terra pensaria que os cães são donos dos humanos.

Isso até pareceu razoável, já que ter um cachorrinho de raça acaba virando até um fator para interação social: as madames se encontram, falam das manias do Mickey e do Nicky, caminham juntas... mas a criação do Bloco do Bob, para os cachorros "pularem" Carnaval, foi de uma cretinice que me causou um nível inédito de vergonha alheia.

Mais perdido que cebola
em salada de fruta.

Outra observação sobre o bairro é que mesmo movimentado, as pessoas parecem viver num ritmo mais tranquilo por aqui. Sempre vejo gente andando, entrando e saindo do comércio, mas nunca ninguém tão apressado quanto alguém que está na 13 de Maio ou na Francisco Glicério.

Sobre a infiltração (que não é tão interessante, mas vale como linha do tempo): como eu imaginava, o porteiro se esqueceu de falar para a minha vizinha de cima sobre o problema. Fui até lá, falei com ela (uma garota bem simpática e prestativa), acho que essa semana um encanador vai lá resolver o problema. Quando estava quando me esquecendo e indo embora sem perguntar, quis saber qual era o nome dela. Bruna, é claro, é o nome dela (mesmo nome duma ex-namorada, mas nada relevante). Aliás, outras vizinhas também causaram coincidências: a do lado se chama Lucila, assim como minha irmã e a da frente tem o porte físico parecido com o da minha mãe.

E semana passada disse que estava lendo o livro Uma história dos povos árabes, de Albert Hourani. Ontem terminei a leitura e hoje recomecei Os cães ladram, de Truman Capote (americano pai do jornalismo literário). Livraço, por enquanto segue bem a linha do Fama & Anonimato (Gay Talese, outro jornalista americano), mas muito mais floreado.

p.s.: só depois que escrevi o post que notei a coincidência entre o carnaval canino e o livro que retomei. A escolha da leitura já havia sido feita a alguns tempos, já que peguei uma sequência de livros de história e queria fugir um pouco do estilo.

Saturday, February 13, 2010

É Carnaval?! Bela m...

"Ok, depois de 37 Carnavais eu já deveria ter me acostumado com a maior festa de amadores do mundo, mas sempre que ela começa ainda me espanto com todo o Horror: barangas fantasiadas de putas, caras fantasiados de barangas, cheiro de mijo no ar, gente chata cantando com dedinho para cima, adereços made in China & música pavorosa. Os outros 300 e tantos dias do ano desse pessoal devem ser realmente pavorosos para considerarem ISSO uma festa."

Sábias palavras de Allan Sieber, cartunista que vive no olho do furacão.

Thursday, February 11, 2010

Home, home again

Depois de uns dias enriquecendo uma lan house perto do apê, decidi passar na casa da minha família para rever meu pai, comer comida bem feita pela Valéria (a moça que trabalha aqui), cadastrar meu currículo em mais alguns sites (explicarei melhor abaixo) e atualizar meu blog, que estava mais abandonado que o Brinco de Ouro.

Um dos motivos para eu ter parado de cadastrar meu CV foi que a IBM, após um longo chá de cadeira, convocou-me para um teste para uma vaga técnica. Fui, fiz o teste e confesso que não fui tão bem (o que me desanimou bastante, já que uma possível reprova fecharia as portas da empresa por um ano inteiro), mas uma semana depois recebi a notícia que havia sido aprovado. Depois disso ainda fui convocado para fazer outra prova lá, mas à toa: madruguei, esperei a moça do RH e na hora de ir fazer o exame, ela olhou sorrindo e disse um "você não precisava ter vindo". Fiquei com cara de paisagem, consegui não manda-la ir tomar naquele lugar, agora to aguardando desde segunda-feira passada um contato para entrevista de telefone. Enquanto isso, o jeito é tentar outras empresas.

Agora o jeito é ir ocupando o tempo até para vencer a ansiedade: academia, leitura (ontem li umas cem páginas de Uma história dos povos árabes, de Albert Hourani), dar uma olhada no Orkut quando estiver na lan house, jogos da Ponte Preta... o duro é preencher tanto tempo, tem dias que eu me sinto um presidiário sem saber qual é a duração da pena.

Ouvindo: Roger Waters - The Pros and Cons of Hitch Hicking

Wednesday, February 3, 2010

De volta ao trabalho (ou quase)

O post não é sobre si mesmo - já que não atualizo sempre o blog - e sim sobre a minha volta ao trabalho. Tenho feito umas entrevistas e tenho ido até bem, com maiores chances de retorno à IBM (para variar). Hoje também fiz uma prova para a Ci&T, empresa de informática aqui de Campinas, mas não acho que fui bem - a prova tinha uma parte grande sobre SQL, que tive que ir meio no chute e meio que tentando deduzir algo dos códigos usados nos exercícios.

Agora que a coisa está andando (obtive mais respostas de empresa nesse ano do que no segundo semestre de 2009), imagino que vou voltar a trabalhar após o Carnaval e, com o tempo, comprarei um laptop para poder gastar mais tempo de bobeira na internet hahaha

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...